Qual o custo de um inventário ?


Publicado: 30/10/2019

A grande dúvida quando se pensa no momento de iniciar um inventário é “qual o custo de um inventário”?

E se essa é a sua dúvida, no final desse texto tenho certeza que não será mais, o custo de um inventário será desmistificado.

O primeiro custo que haverá para realizar um processo de inventário seja ele judicial ou extrajudicial é com a contratação de um profissional do direito e aqui o valor pode variar muito, pois depende da complexidade da situação, o renome do profissional escolhido, a quantidade de bens, se é ou não judicial, etc.

Mas prometemos revelar o custo de um inventário, certo?

Então vamos lá! O custo com o profissional do direito não é fácil de delimitar, como explicado acima, mas vamos considerar um valor médio de R$ 12.000,00.

O próximo custo de um inventário é pagar as custas judiciais, aqui vou utilizar como exemplo um patrimônio total de R$ 600.000,00, e os valores cobrados no Poder Judiciário do Estado do Paraná.

Conforme o exemplo acima, as custas judiciais para o inventário no Poder Judiciário do Estado do Paraná será de aproximadamente R$ 2.300,00.

Infelizmente esses não são os únicos custos de um inventário, mas vamos lá!

O próximo custo a ser considerado em um inventário são os gastos realizados com as certidões negativas dos falecidos, certidões dos imóveis que compõe o inventário, certidões de estado civil dos herdeiros, etc.

Em um inventário com 06 herdeiros e 01 instituidor da herança (falecido), considerando que nenhum deles esteja de posse da documentação atualizada e que não seja necessária nenhuma correção nos documentos, o custo aproximado não deverá ultrapassar R$ 2.000,00.

Agora acabaram os custos? Não!

O próximo custo de um inventário é o valor para expedição do formal de partilha, o documento judicial que diz qual bem é de cada um dos herdeiros, o custo médio aqui no Estado do Paraná é de R$ 250,00.

Vamos ao maior custo de um inventário?

O imposto incidente sobre a transmissão dos bens aos herdeiros é o ITCMD, no Estado do Paraná o percentual é de 4% sobre o valor do patrimônio.

O ITCMD possui algumas peculiaridades quando de sua apuração, mas no nosso exemplo é apenas 01 falecido, 06 herdeiros e um patrimônio de R$ 600.000,00, dessa forma, cada um dos herdeiros pagará de ITCMD o valor de R$ 4.000,00.

Bom, vamos resumir os custos apurados:

a) Advogado R$ 2.000,00 por herdeiro (R$ 12.000,00)

b) Custas Judiciais R$ 384,00 por herdeiro (R$ 384,00)

c) Certidões R$ 334,00 por herdeiro (R$ 2.000,00)

d) Formal de partilha R$ 42,00 por herdeiro (R$ 250,00)

e) Imposto de Transmissão R$ 4.000,00 por herdeiro (R$ 24.000,00)

O grande final!

O custo do inventário por herdeiro nesse exemplo será de aproximadamente R$ 6.760,00.

Dessa forma, deixar para realizar o inventário sob a alegação que o custo é muito elevado ou que é impagável nem sempre é a realidade, é necessário procurar um profissional de sua confiança e realizar um planejamento para então iniciar o processo de inventário.

Fonte: Jusbrasil